Linkedin ads e seu universo pouco explorado: anúncios de conteúdo

Um dos componentes vitais da fase de “atração” do Inbound Marketing, os anúncios patrocinados já se tornaram muito populares em diversos meios digitais, assim como Facebook e Google.

Da mesma forma, durante os últimos 2 anos, esse recurso de anúncio vem sendo explorado em novas redes como o Instagram e o LinkedIn, tema do meu artigo de hoje.

Se você jogar no Google “Anúncios no LinkedIn” ou “LinkedIn Ads”, como você provavelmente já fez, vai ler muito conteúdo sobre como configurar um anúncio por lá e atrair mais tráfego para o seu site com garantia da fonte.

No entanto, o que eu vou contar aqui não está muito difundido ainda, mas já é uma realidade muito legal para o Inbound: os anúncios de conteúdo.

Sendo assim, antes de eu mostrar como funciona isso, eu quero apresentar alguns dados para que você entenda por que a sua empresa deve anunciar por lá o mais breve possível. Vamos lá?

Os benefícios do LinkedIn Ads: o universo pouco explorado

Linkedin Ads
Vamos primeiramente falar de informações quantitativas, já que não há como ter resultados sem números.

  • O LinkedIn possui 7 milhões de usuários apenas no Brasil;
  • De acordo com informações do site Alexa, a plataforma no Brasil ocupa o 22º lugar em números de visualizações;
  • Dos profissionais de marketing, 81% fazem lançamentos de produtos B2B através do LinkedIn;
  • Em pesquisa da Statista, o site tem mais de 400 milhões de usuários no mundo todo;
  • Ainda de acordo com a pesquisa acima, ele apresenta cerca de 380 milhões de usuários ativos e crescentes a cada trimestre;
  • Em um estudo interno, realizado pelo time de marketing do LinkedIn, 68% dos usuários confiam no conteúdo que veem na plataforma.

Agora vamos a algumas vantagens qualitativas:

  • Grande variedade em segmentação de anúncios, permitindo o teste constante em busca da melhor taxa de conversão.
  • O LinkedIn mantém um público focado e portanto de qualidade.
  • É uma rede voltada para negócios, sendo assim, para o mercado B2B é o ideal pois todo seu público está lá.
  • Tem apenas conteúdo de alta qualidade e relevância, uma ótima fonte para gerar leads qualificados.
  • Ele não distribui igualmente o seu anúncio ao longo do dia, o que facilita para você focar apenas naqueles horários onde existe pico de tráfego na rede.
  • Possui métricas bem variadas como cliques, impressões, conversões e outras que tornam a sua possibilidade de mensuração mais precisa do que em outras mídias sociais, como, por exemplo, características do público que interagiu com o seu anúncio.
  • Tem um alcance muito alto entre funcionários de alto escalão dentro de uma organização.

Resumindo o que você leu até agora, acredito que já deu para compreender por que investir em LinkedIn Ads é a melhor opção de anúncio para o seu negócio, mesmo que ele seja B2C, vai ter sempre uma boa fatia por lá para você abocanhar. Sendo assim, você já está pronto para saber como funcionam os anúncios de conteúdo.

O que são anúncios de conteúdo?

Linkedin Ads Imagem
Também são conhecidos como anúncios de display ou campanha de display, talvez mais familiar, e se caracterizam por comportar vídeos e imagens em formato de anúncios que amplificam marcas podendo se transformar em casos virais.

No marketing de conteúdo, onde a atração é a palavra de ordem, esse tipo de campanha é o ideal pois alcança o público certo em um único banner e contando com variações de conteúdo pertinentes. Além disso, esse formato é considerado de alto impacto e valor, entregue de forma natural, sem interromper o fluxo normal de navegação do usuário.

Ele oferece anúncios personalizados pela sua marca com conteúdo selecionado por você, entregue à equipe do LinkedIn, que se encarrega da confecção da peça e lhe entrega de volta dentro de 10 dias para sua pré-aprovação antes da veiculação do mesmo.

Tendo entendido isso, vamos ver dois pontos a considerar antes de partir para o ambiente do LinkedIn Ads.

Tipos de anúncio

LinkedIn Banner Ads
Vale ressaltar que esse modelo do LinkedIn Ads comporta duas formas diferentes:

  1. Onsite display: É a publicidade nativa da rede, alcançando 50 milhões de usuários na América Latina.
  2. Network Display: Nesse modelo os anúncios são mostrados além do LinkedIn, aumentando o engajamento e alcance da sua marca na web.

Considerações antes de anunciar

LinkedIn Banner Ads

Tamanho das imagens

Esse é um item que pode parecer menos importante e nem todos dão a atenção que ele merece, mas é de vital importância lembrar que elas chamam atenção e comprovadamente melhoram as taxas de cliques, não apenas no LinkedIn Ads como em qualquer outro canal de anúncio.

Outro fator a levar em consideração aqui é que o seu anúncio deve ser visto de qualquer navegador e também por mobile, seja ele um tablet ou Smartphone, portanto a sua imagem deve ser bem visualizada em qualquer dispositivo.

Nos anúncios de conteúdo, que veremos mais a fundo daqui a pouco, recomenda-se 2 formatos: 300X250 pixels ou 160X160, pois ele também comporta vídeos.

Tamanho do Texto

Assim como as imagens, textos muito longos ou fora de contexto e não são funcionais em dispositivos móveis, e podem atrapalhar o alcance da sua mensagem. Então, o próprio LinkedIn recomenda que os textos sejam mantidos em 75 caracteres, distribuídos em 2 linhas.

Aqui também vale uma dica valiosa, que pode parecer boba, mas muitos esquecem: seja direto na redação e preze pela relevância do conteúdo, pois, dessa forma, a demanda de acessos aumentará naturalmente.

Mãos a obra

Agora que você já percebe as vantagens do LinkedIn Ads, conhece as características de seu ambiente de forma qualitativa e entendeu o que são os anúncios de conteúdo ou display ads, os seus tipos de anúncios e o que levar em consideração ao preparar o material para sua peça, chegou a hora de meter a mão na massa de verdade.

Considere então a visibilidade que o LinkedIn pode proporcionar ao seu negócio e explore todas as opções de segmentação de público que você tem, e redija um conteúdo de qualidade que vá além da propaganda. Cative a sua audiência a ponto de aumentar a sua autoridade e ampliar suas possibilidades de negócio.

E você, já conhecia os anúncios de conteúdo? Já utiliza em seus negócios e projetos? Conte-nos nos comentários como foi a sua experiência. Vamos adorar saber a sua opinião.

 

Veja também:

Como foi planejada e construída a campanha ANBIMA utilizando LinkedIn, Facebook e Google Adwords