Inbound Marketing em Loja Virtual • Estudo de Caso

Inbound Marketing no Meu Amigo PetInbound Marketing na “Meu Amigo Pet”

Contextualização do caso

O caso é a análise de uma empresa de comércio eletrônico brasileiro operando no mercado Pet, o Meu Amigo Pet.

Ele se baseia na entrevista e depoimento do seu Gerente de E-Commerce, Rodrigo Araujo, e tem como objetivo sondar o mercado de E-Commerce em relação ao Inbound Marketing através de um caso real.

Segundo ele, o “MeuAmigoPet” está verdadeiramente no E-commerce há 3 anos. Apesar da iniciativa ter começado bem antes. Entrou no mercado ainda pouco aquecido e com poucos concorrentes.

Teve uma expansão modesta devido a falta de cultura de compra de produtos para pet pela internet, além de não existir muito profissionalismo no ramo de Pet Shop.

Hoje expande seu negócio abrindo lojas físicas no intuito de construir e fortalecer sua marca localmente, com um conceito de loja profissional, para ajudar a criar a cultura de compras on-line dentro das lojas e dar referências para o consumidor.

Missão: Oferecer produtos exclusivos para seus clientes, com facilidade, praticidade e segurança.

Mercado: O Brasil registra o segundo maior faturamento do mercado de animais domésticos e serviços destinados aos bichos de estimação, atrás somente dos Estados Unidos.

No ano passado, o setor faturou R$ 14,2 bilhões, crescimento de 16,4% na comparação com o ano anterior, segundo a Abinpet. Desse total, 68,5% (R$ 9,72 bilhões) é representado pelo segmento de alimentação para animais. Para este ano, a previsão é de que esse mercado cresça entre 8% e 15%

Marca: Adquirido pelo ML Group em 2007, o Meu Amigo Pet é hoje o maior petshop online da América Latina, de acordo com o Internet Retailer (ranking de varejo na internet).

Sua missão é oferecer produtos exclusivos para seus clientes, com facilidade, praticidade e segurança. De acordo com Araujo, “a empresa recebeu, em 2011, o Prêmio Quality na categoria Excelência na Prestação de Serviços ao Consumidor. Sua fan page no Facebook tem mais de 750 mil curtidas e foi considerada a sétima maior página brasileira da rede em interação com os usuários”.

Produtos e serviços oferecidos: Diversidade em produtos para pet, com foco em alimentos. Há também uma gama de produtos exclusivos e licenciados. Revendedor de várias marcas tais como Frolic, Pedigree, Nestlé, Bayer, etc.

Diferenciais: Marca amigável, lojas físicas, comércio eletrônico e marketing digital.

Objetivos e metas: Ser a maior rede de pet shop do Brasil, on e off line.

Elementos do Inbound Marketing na estratégia digital da empresa

Quais foram as táticas aplicadas pela empresa em termos de:

Conteúdo: Temos um blog que é atualizado semanalmente para geração de conteúdo referentes às pets. Nele fazemos referências à produtos que são vendidos no ecommerce, além dos anúncios que fazemos nele.

Há uma produção de uma série de 12 vídeos sobre comportamento pet que está sendo publicado no You Tube, nela há a participação do Alexandre Rossi, que é referência no mercado nacional sobre comportamento animal.

As páginas de produtos possuem descrições pobres e não é otimizada, estamos trabalhando na reformulação da árvore de navegação e na geração de conteúdo exclusivo com uma empresa terceirizada.

Além disso vamos contar com dicas de especialistas para incrementar o conteúdo das páginas de produto.

SEO e PPC (Search Engine Marketing): Temos uma empresa de consultoria que está editando as páginas e gerando conteúdo para as mesmas, essa foca em páginas de departamentos, enquanto outra nas páginas de produto.

Em PPC usamos links patrocinados, parceiros de e-mail marketing e remarketing.

Mídias Sociais: O Meu Amigo Pet possui a maior página do facebook de conteúdo pet.

São 1.700.000 fãs que estão acessando e interagindo com o conteúdo da loja, dicas e conteúdos sobre pet.

Você acha que os três elementos formam uma estratégia de Inbound Marketing?

Acredito que agora estamos conseguindo amarrar a estratégia de Inbound Marketing, pois antes não havia conteúdo nas páginas de produtos, partindo do conceito errado, que os clientes já conheciam o produto.

Com a nova cultura, reconheceram a necessidade de geração de conteúdo para indexação no Google, de tornar o processo de decisão de compra mais fácil e prático, além de se tornar um centro de informações sobre os produtos referentes à pet.

E finalmente, quando perguntado se já havia ouvido falar do Inbound Marketing, ele respondeu: “Meu amigo Eric perturba com isso. Já ouvi falar e interpreto como a geração de conteúdo para atrair vendas futuras ou imediatas. Nada mais é que o alicerce da internet, um centro de informações”.

Resultados obtidos pela empresa

Quais são as ferramentas de Web Analytics utilizadas para monitorar os resultados do Inbound Marketing (a mais famosa no mercado sendo da Hubspot) e quais foram?

Utilizamos o Google Analytics para monitorar o resultado. Ainda estamos em fase de implementação recente e não tivemos como medir os resultados ainda.

O que você acha da tendência e do potencial do Inbound Marketing para o Comércio Eletrônico?

Acredito que é o futuro para o e-commerce. Não há como sustentar o negócio na internet com os altos custos de mídia sem uma estratégia para trazer tráfego orgânico e criar relacionamento e laços com o consumidor.

Esta entrevista, um fragmento do mercado atual de comércio eletrônico brasileiro, demonstra em que nível de maturidade o Inbound Marketing está. Podemos constatar que ele é ainda um conceito novo, apesar dos elementos que o compõem não serem novidade.